Sejam bem vindos!

"Deixe a energia do som te levar
A vibe positiva solta pelo ar"
(
Alexandre Carlo - Natiruts Reggae Power)


Música

♪ Buffalo Soldier - Bob Marley

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O Funk norte-americano



Funk é um estilo bem característico da música negra norte-americana, desenvolvido em meados da década de 1960 por artistas como James Brown e por seus músicos a partir de uma mistura de soul music, soul jazz, rock psicodélico e R&B.
O Funk pode ser melhor reconhecido por seu ritmo sincopado, pelos vocais de alguns vocais de alguns de seus cantores e grupos e ainda pela forte e rítmica seção de metais, pela percussão marcantes e ritmo dançante.
Os músicos negros norte-americanos primeiramente chamavam de funk a musica com um ritmo mais suave. Esta forma inicial de música estabeleceu  o padrão para músicos posteriores: uma música com um ritmo mais lento, sexy, solto, orientado para frases musicais repetidas (riffs) e principalmente dançante.
Funk era um adjetivo típico da língua inglesa para descrever estas qualidades.
Devido à conotação sexual original, a palavra funk era normalmente considerada indecente. Até o fim dos anos 50 e início dos 60, quando “funk” e “funky” eram cada vez mais usadas no contexto da soul music, as palavras ainda eram consideradas indelicadas e inapropriadas para uso em conversas educadas.
Somente com as inovações de James Brown em meados dos anos 60 é que o funk passou a ser considerado um gênero distinto. Brown mudou a ênfase rítmica 2:4 do soul tradicional para uma ênfase 1:3, anteriormente associada com a música dos brancos - porém com uma forte presença da seção de metais. Com isto, a batida 1:3 virou marca registrada do funk 'tradicional'. A gravação de Brown feita em 1965, de seu sucesso "Papa's Got a Brand New Bag" normalmente é considerada como a que lançou o gênero funk.
Nos anos 70, George Clinton, com suas bandas Parliament, e, posteriormente, Funkadelic, desenvolveu um tipo de funk mais pesado, influenciado pelo jazz e Rock psicodélico.
Nessa mesma época surgiram outros grupos de funk como The Main, Fatback e o The Brothers Johnson, e músicos/cantores como Rick James e Tom Browne, e os popstars Michael Jackson e Prince.
Nos anos 80 o funk tradicional perdeu um pouco da popularidade nos EUA, à medida que as bandas se tornavam mais comerciais e a música mais eletrônica. Seus derivados, o rap e o hip hop, porém, começaram a se espalhar.
A partir do final dos anos 80, com a disseminação dos samplers, partes de antigos sucessos de funk (principalmente dos vocais de James Brown) começaram a ser copiados para outras músicas pelo novo fenômeno das pistas de dança, a house music.
Os anos 80 viram também surgir o chamado funk-metal (também conhecido como funk rock), uma fusão entre guitarras distorcidas de heavy-metal ou rock e a batida do funk, em grupos como Red Hot Chili Peppers (rock) e Faith No More (metal).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Deixe um comentário dizendo o que achou do nosso blog. Volte sempre!

Postar um comentário